Relatório mensal do mercado imobiliário – Setembro 2017

Segundo o medidor de preços Índice Properati-Hiperdados (IPH), o preço médio do metro quadrado dos imóveis à venda no Brasil apresentou queda de 0,26% entre os meses de julho e agosto de 2017. Embora continue caindo, o valor representa a menor queda do índice nos últimos meses. Entre junho e julho, o IPH havia registrado redução de 1,37%. E no levantamento anterior, referente à variação entre os meses de maio e junho, o IPH foi de menos 1,07%.

Leia mais

Mapa 3D mostra a variação de preço do m² nos distritos de São Paulo

O Properati apresenta para você uma ferramenta que facilita a sua busca por um imóvel em São Paulo: uma plataforma que permite visualizar a cidade em 3D e ver os preços médios dos imóveis à venda.

Com ela é possível visualizar com bastante facilidade que distritos da capital paulista possuem o metro quadrado mais caro e mais barato, com cores mostrando as diferenças de preços. O mapa utiliza a base de dados do Properati, que possui 300 mil imóveis cadastrados.

Leia mais

Brasileiros suspeitos de terem contas em paraísos fiscais possuem domicílio em bairros mais caros

De olho no desdobramento do caso conhecido como Panamá Papers, escândalo envolvendo abertura de empresas offshore pelo escritório jurídico panamenho Mossak Fonseca, que foi revelado pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, na sigla em inglês) no início deste ano, o portal imobiliário Properati.com.br fez um levantamento para identificar o preço de domicílios registrados em nome dos brasileiros que aparecem como suspeitos de manter contas irregulares em paraísos fiscais.

Leia mais

Indice Properati-Hiperdados de medição da variação de preços do mercado imobiliário – julho/2016

Mês de julho foi um mês de início às boas notícias para o setor imobiliário brasileiro, além das medidas promovidas pelo governo federal, como por exemplo: manter parte do Programa Minha Casa Minha Vida e as novas regras para financiamento da Caixa Econômica Federal.

No caso das novas regras de financiamento, os mutuários da Caixa Econômica Federal poderão financiar imóveis de até R$ 3 milhões, o dobro do limite de financiamento que era de R$ 1,5 milhão.

Leia mais

Indice properati-hiperdados de medição da variação de preços do mercado imobiliário – junho/2016

É com muita satisfação que comunicamos que a partir do mês de junho/2016 estamos monitorando os preços de 24 cidades em diversas regiões do Brasil, com uma base com mais de um milhão de imóveis livre de viés, assim sendo na tabela 1, veja como estão se comportando os preços do Índice Properati Hiperdados Residencial Geral (IPH-RES/G):

Leia mais

Relatório mensal do mercado imobiliário – São Paulo/SP – Março 2016

Com as informações do mês de março, resolvemos analisar a evolução do preço de algumas capitais brasileiras afim de trazer a discussão sobre o que o efeito político-econômico está causando no preço de cada uma dessas praças. Aqui consideramos, especificamente, o período de fortes discussões sobre impeachment (mar/2015 – mar/2016). O que vai acontecer ainda não sabemos, mas o ambiente econômico deu um grande passo dia 17 de abril para resolver a pauta se a nossa “presidente vai embora” ou se a “presidente fica no cargo”. O importante é que esse enrosco deve ser destravado logo, para que pautas sobre crescimento econômico sustentável voltem a ser a discussão principal de nosso governo.

Leia mais

As 20 casas mais caras do Rio de Janeiro

O ano de 2016 não será fácil para o Brasil em termos econômicos, principalmente para o mercado de construção, mas o setor de imóveis de alto padrão do Rio de Janeiro demonstra otimismo para este ano, com alguns dos profissionais que atuam na área apostando na possibilidade de realizar bons negócios.

A cidade maravilhosa registra 20 casas de alto padrão a venda a um preço médio de R$ 17,6 milhões, segundo levantamento realizado pela Properati. O valor equivale a R$ 16,5 mil por metro quadrado, considerando que a metragem média dessas residências é de 1,067 mil metros quadrados.

Leia mais

Brasil tem o m² mais caro da América do Sul

Ao comparar o valor do metro quadrado em diferentes bairros das cidades mais importantes da América do Sul, observamos que tanto Rio de Janeiro como São Paulo tem os preços mais caros, relacionando entre estas cidades os apartamentos usados em bairros equivalentes.

metro quadrado classe alta america do sul

Os bairros Ipanema no Rio de Janeiro, e Vila Nova Conceição em São Paulo, são claramente os mais caros, com valores que giram em torno de US$ 5.500. Após estes, está Puerto Madero em Buenos Aires, o mais moderno e, de longe, o mais caro da sua cidade, com um preço médio de US$ 3.900.

Leia mais