18 de julho de 2017

RJ é a cidade da América Latina onde mais se demora para comprar apartamento

Um casal leva, em média, 48 anos para comprar um apartamento na capital carioca

O sonho da casa própria é um assunto que sempre esteve presente na sociedade brasileira. Nos últimos anos, o acesso a linhas de crédito imobiliário tem aumentado e programas públicos como o Minha Casa, Minha Vida facilitaram o financiamento de um lar para muitas famílias do país. Mas a grande preocupação de qualquer financiamento é se as pessoas terão capacidade de pagar pela dívida até o fim. Uma maneira de avaliar isso é através da relação entre o salário médio e o preço do metro quadrado dos imóveis.

O site de buscas de imóveis Properati.com.br realizou um estudo que mostra que, em comparação com outras cidades da América Latina, São Paulo e Rio de Janeiro estão entre as cidades com pior relação entre renda média e preço do metro quadrado. Confira os dados a seguir:

No estudo foi feita a comparação entre o salário médio em cada uma das sete cidades citadas com o custo do metro quadrado de um bairro de classe média típica. Assim, foi identificado que, em São Paulo, o valor do metro quadrado corresponde a pouco mais de 30% do salário médio da cidade, que é de 717 dólares. Isso significa que se 100% da renda fosse usada para comprar uma casa de 50 metros quadrados, seriam precisos cerca de quase 14 anos. Já no Rio de Janeiro, embora o salário médio seja maior (USD 751) esse último número sobe para 19 anos.

Agora, se formos para um exemplo mais fiel à realidade, o tempo que demoraria para comprar um apartamento sobe ainda mais. Considerando um casal em que ambos recebem exatamente salário médio e querem comprar um apartamento de 50 metros quadrados destinando 20% de sua renda conjunta. Enquanto em outras cidades da América Latina, seria possível efetuar a compra em 23 anos, em São Paulo e no Rio de Janeiro demoraria, respectivamente, 35 e 48 anos para o casal concluir a compra.

Ainda assim, mesmo com os indicadores apontando dificuldades para os brasileiros interessados em comprar a casa própria, o Brasil ainda é um dos países da América Latina com maior proporção de pessoas que são donas da casa própria. De acordo com um levantamento realizado por Properati em 2016, o país ocupava a terceira posição, com 75% de moradores donos de suas próprias casas.

Segundo Renato Orfaly, Country Manager do Properati Brasil, esse tipo de contraste pode ser explicado por contas dos créditos hipotecárias. No Brasil, embora seja mais caro e demorado comprar a casa própria, o acesso das famílias ao crédito é mais fácil, tanto que eles representam 24,8% do PIB. Já na Argentina, os créditos representam apenas 6% do PIB. “Isso faz com que mesmo a Argentina, por exemplo, que está bem posicionada no ranking da relação entre salários e preços, tenha poucos donos de casas próprias”, diz.

Metodologia:

Para a comparação entre o preço do metro quadrado de lugares distintas foram utilizados os preços de bairros característicos da classe média de cada cidade. Confira a seguir:

CIDADE

BAIRRO

Rio de Janeiro Flamengo
São Paulo Tatuapé
Santiago Ñuñoa
Montevideo Parque Batlle
Buenos Aires Caballito
Lima Jesús María
Cidade do México Narvate

Fontes para a % do PIB que representam as hipotecas em cada país:

Argentina: 6.2% (Dec 2016): https://www.ceicdata.com/en/indicator/argentina/household-debt–of-nominal-gdp

México: 15.5% (Dec 2016): https://www.ceicdata.com/en/indicator/mexico/household-debt–of-nominal-gdp

Brasil: 24.8% (2016): https://www.creditas.com.br/research/2016-Brazil-lending-market-report.pdf

Chile: 36.6% (Dec 2016): https://www.ceicdata.com/indicator/chile/household-debt–of-nominal-gdp

Peru: 15.0% (Dec 2016): https://www.ceicdata.com/indicator/peru/household-debt–of-nominal-gdp

Uruguai: 10.5% (Dec 2016): https://www.ceicdata.com/indicator/uruguay/household-debt–of-nominal-gdp

Fonte para os dados dos salários médios de cada cidade:

Foto: Christian Haugen

Postado em Uncategorized

Escreva um comentário

Siga-nos por e-mail!

Informe o seu e-mail para receber uma notificação sempre que publicarmos um novo post!

PUBLIQUE ESTE TEXTO EM SEU SITE!

A publicação desta nota está liberada para qualquer meio de comunicação. Se você tiver interesse em publicar um dos nossos textos em seu site, por favor, não deixe de nos comunicar em prensa@properati.com.

Iremos te auxiliar com os códigos HTML que podem ser usados para inserir nossos gráficos interativos no seu site!