• Compartilhar em Google+

O portal e aplicativo imobiliário Properati e a Hiperdados, a plataforma de gestão mais completa do mercado imobiliário, elaboraram o relatório que traz a medição da variação dos preços médios do setor imobiliário no mês de maio de 2017, bem como o comportamento do preço dos últimos doze meses. O levantamento é feito em cima da base de mais de um milhão de imóveis anunciados no Properati.com.br.

De acordo com o indicador de medição de preços, Índice Properati-Hiperdados (IPH), o preço médio do m² dos imóveis usados à venda em 50 cidades apresentou queda de 0,95% entre abril e maio de 2017. No período de 12 meses, o índice registrou alta de 1,08%, passando de R$ 6.803 em maio de 2016 para R$ 6.877 no mesmo período deste ano.

Em São Paulo, o preço dos imóveis voltou a cair, passando de R$ 8.252 em abril para R$ 8.221 em maio, uma queda de 0,38%. Na variação anual, a capital paulista registrou aumento nominal de 0.34% – em maio de 2016 o valor médio do m² era de R$ 8.193. Considerando a inflação pelo IPCA/IBGE, os preços caíram 3,59%.

O custo do m² dos imóveis no Rio de Janeiro, por sua vez, apresentou queda de 0,74% entre abril e maio, passando de R$ 8.909 para R$ 8.843. Na comparação anual, os preços tiveram aumento nominal de 3,41% – em maio de 2016, o custo do m² era de R$ 8.551. Se considerada a inflação, houve queda de 0,64%.

O mercado imobiliário em Brasília também registrou recuo de 1,14% em maio, quando o custo do m² passou de R$ 5.949 para R$ 5.881. O preço médio do m² no mesmo período do ano passado era de R$ 6.606, o que representa uma queda nominal de 2,08%. Se considerada a inflação, os preços despencaram 5,92%.

O preço dos imóveis em Belo Horizonte registraram leve aumento de 0,03%, passando de R$ 5.908 para R$ 5.910. O preço do m² no mesmo período do ano passado era de R$ 5.997, o que representa uma queda de 1,45% na variação anual. Se considerada a inflação, houve queda de 5,31%.
.

CIDADE / ÍNDICE
NO MÊS
NO ANO
12 MESES
INDICE PROPERATI HIPERDADOS
-0.95%
1.65%
1.08%
IPCA/IBGE: Índice de Preços ao Consumidor Amplo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
0.14%
1.1%
4.08%
São Paulo – SP
-0.38%
-1.07%
0.34%
Rio de Janeiro – RJ
-0.74%
5.28%
3.42%
Brasília – DF
-1.14%
-4.79%
-2.08%
Belo Horizonte – MG
0.03%
0%
-1.45%
Curitiba – PR
0.3%
-0.17%
0.18%
Porto Alegre – RS
-0.98%
-2.25%
-10.33%
Osasco – SP
-0.32%
2.28%
5.03%
Salvador – BA
0.37%
2.55%
7.6%
Campinas – SP
0.39%
3.05%
5.44%
Fortaleza – CE
1.26%
4.99%
12.01%
Guarulhos – SP
-0.38%
-2.35%
-4.05%
São Bernardo do Campo – SP
-0.65%
-0.9%
-4.05%
Barueri – SP
0.48%
-3.93%
-6.76%
Goiânia – GO
-1.05%
0.23%
-0.51%
Jundiaí – SP
-0.47%
-0.99%
-4.47%
São José dos Campos – SP
0.07%
-0.61%
-2.27%
Sorocaba – SP
-0.67%
0.54%
2.36%
Belém – PA
-2.03%
-0.53%
3.38%
São José dos Pinhais – PR
0.71%
3.67%
5.12%
São Caetano do Sul – SP
0%
1.99%
2.55%
Santo André – SP
-0.1%
0.85%
1.31%
Ribeirão Preto – SP
-1.13%
4.54%
5.52%
Vitória – ES
0.63%
2.83%
3.87%
Caxias do Sul – RS
-0.76%
0.06%
-5.96%
Piracicaba – SP
0.22%
-2.52%
-3.45%
Natal – RN
0.31%
-2.43%
-7.21%
Niterói – RJ
-0.4%
0.66%
-2.47%
Santos – SP
-0.13%
0.64%
0.55%
Guarujá – SP
-0.72%
-3.2%
-4.64%
Taubaté – SP
-1%
-1.48%
-7.5%
Florianópolis – SC
1.01%
2.71%
3.59%
Balneário Camboriú – SC
0.19%
6.01%
12.55%
Cotia – SP
0.32%
0.25%
0.75%
Praia Grande – SP
2.21%
-3.88%
3.38%
São José do Rio Preto – SP
-0.4%
1.28%
2.15%
Itapema – SC
0.36%
-0.61%
4.41%
Diadema – SP
-0.97%
-1.42%
-4.47%
Carapicuíba – SP
-2.07%
-5.04%
-2.39%
João Pessoa – PB
-0.98%
4.21%
2.64%
Vila Velha – ES
0.13%
2.42%
3.43%
Santa Maria – RS
1.77%
1.6%
7.28%
São Gonçalo – RJ
-0.76%
-0.93%
-1.51%
Indaiatuba – SP
-0.07%
-0.05%
-0.5%
São José – SC
-0.06%
-4.52%
-5.58%
Ubatuba – SP
-0.6%
-7.85%
-10.58%
Cabo Frio – RJ
-2.46%
-9.12%
-11.2%
Jacareí – SP
0.76%
-1.59%
-2.32%
Mauá – SP
0.13%
0.03%
-1.49%
Valinhos – SP
-0.33%
-1.93%
1.06%
Santana de Parnaíba – SP
0.66%
-2.99%
-3.08%