Relatório mensal do mercado imobiliário – Dezembro 2016

O portal e aplicativo imobiliário Properati e a Hiperdados, plataforma de gestão de informações integradas do mercado, acabam de fechar o relatório que traz a medição da variação dos preços médios do setor imobiliário no mês de novembro. O levantamento é feito em cima da base de mais de um milhão de imóveis anunciados no Properati.com.br .

Leia mais

Relatório mensal do mercado imobiliário – Setembro 2016

O portal e aplicativo imobiliário Properati e a Hiperdados, plataforma de gestão de informações integradas do mercado, acabam de fechar o relatório que traz a medição da variação dos preços médios do setor imobiliário no mês de setembro. O levantamento é feito em cima da base de mais de um milhão de imóveis anunciados no Properati.com.br.

De acordo com o indicador de medição de preços do mercado imobiliário Índice Properati-Hiperdados (IPH), os preços dos imóveis de 26 das 44 grandes cidades brasileiras analisadas apresentaram alta. Segundo o IPH, as variações mensais apontam para uma persistente instabilidade no mercado. A medição do índice desconsidera a inflação do período.

Leia mais

Indice Properati-Hiperdados de medição da variação de preços do mercado imobiliário – agosto/2016

A sociedade está esperançosa e cautelosa, e isso faz com que preços apresentem variações para cima e para baixo, mas em grandes centros os preços dos imóveis permanecem sem acompanhar a inflação dos preços gerais, o que é ruim para quem quer vender um imóvel e, ao mesmo tempo, maravilhoso para quem quer comprar um imóvel.

Recentemente o presidente do Sindicato das Indústrias de Construção do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), José Romeu Ferraz Neto, avalia que a retomada de investimentos no setor depende de mudanças estruturais — reformas trabalhista, previdenciária e social — e não “simplesmente” da troca de governo do país. (Valor, 31/08/16).

Leia mais

Indice Properati-Hiperdados de medição da variação de preços do mercado imobiliário – julho/2016

Mês de julho foi um mês de início às boas notícias para o setor imobiliário brasileiro, além das medidas promovidas pelo governo federal, como por exemplo: manter parte do Programa Minha Casa Minha Vida e as novas regras para financiamento da Caixa Econômica Federal.

No caso das novas regras de financiamento, os mutuários da Caixa Econômica Federal poderão financiar imóveis de até R$ 3 milhões, o dobro do limite de financiamento que era de R$ 1,5 milhão.

Leia mais

Indice properati-hiperdados de medição da variação de preços do mercado imobiliário – junho/2016

É com muita satisfação que comunicamos que a partir do mês de junho/2016 estamos monitorando os preços de 24 cidades em diversas regiões do Brasil, com uma base com mais de um milhão de imóveis livre de viés, assim sendo na tabela 1, veja como estão se comportando os preços do Índice Properati Hiperdados Residencial Geral (IPH-RES/G):

Leia mais

Relatório mensal do mercado imobiliário – São Paulo/SP – Março 2016

Com as informações do mês de março, resolvemos analisar a evolução do preço de algumas capitais brasileiras afim de trazer a discussão sobre o que o efeito político-econômico está causando no preço de cada uma dessas praças. Aqui consideramos, especificamente, o período de fortes discussões sobre impeachment (mar/2015 – mar/2016). O que vai acontecer ainda não sabemos, mas o ambiente econômico deu um grande passo dia 17 de abril para resolver a pauta se a nossa “presidente vai embora” ou se a “presidente fica no cargo”. O importante é que esse enrosco deve ser destravado logo, para que pautas sobre crescimento econômico sustentável voltem a ser a discussão principal de nosso governo.

Leia mais

Relatório mensal do mercado imobiliário – São Paulo/SP

  • Variação janeiro/fevereiro 2016: +0,25%
  • Variação fevereiro 2016-2015: +1,4
  • Variação real fevereiro 2016-2015: -9,3%
  • Preço médio SP: R$ 8.761,37/m2

O cenário econômico nacional vem passando por ajustes, no mercado imobiliário não poderia ser diferente, dada a sua importância na composição do PIB (Produto Interno Bruto), representando historicamente cerca de 7% da riqueza produzida no país. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB brasileiro é de quase 6 trilhões.

Leia mais