Taxa média de condomínio em São Paulo custa mais de R$ 1 mil

Existem muitos fatores que influenciam o valor da taxa que um condomínio cobra de seus moradores todo mês. O custo varia se um prédio tem garagem no subsolo, portaria 24 horas e academia, por exemplo, ou opções de lazer, como piscina aquecida e salão de festas. Isso sem contar os impostos municipais e as reformas das áreas comuns do condomínio, que também aumentam a taxa.

Para permitir uma análise dos custos de condomínio, a Properati fez um levantamento do preço médio cobrado pelos prédios em seis das maiores cidades do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Porto Alegre, Belo Horizonte e Curitiba. Os dados utilizados são referentes aos anúncios de imóveis feitos no portal da Properati.

Leia mais

Ferramenta ajuda a calcular de graça quanto vale um imóvel

office-pen-calculator-computation-163032

Calcular o valor de um imóvel é sempre uma tarefa difícil. É preciso avaliar o valor médio do metro quadrado da região, a estrutura do imóvel que será vendido, o número de dormitórios, além de vários outros itens menores, como a proximidade a opções de transporte público, por exemplo.

Para facilitar esse processo, a Hiperdados, empresa especializada na análise estratégica de informações do mercado imobiliário, em parceria com o portal de busca de imóveis Properati.com.br, acaba de lançar o Avalua, que é uma ferramenta capaz de calcular, automaticamente, uma sugestão de preço para um imóvel.

Leia mais

Metro quadrado de São Paulo é 34% mais caro que o do bairro Vila Prudente

Segundo o último levantamento de preços feito pelo portal de busca de imóveis Properati.com.br, o preço médio atual do metro quadrado de São Paulo (R$ 8.028) é 34% mais caro que o valor médio do metro quadrado dos imóveis localizados no bairro de Vila Prudente (R$5.988). Localizado na zona leste de São Paulo, o bairro é considerado um dos que tiveram maior ascensão em São Paulo no últimos anos, sendo hoje conhecido por ser uma região residencial tranquila.

Leia mais

Metro quadrado de São Paulo é 104% mais caro que o do bairro São Miguel Paulista

Segundo o último levantamento de preços feito pelo portal de busca de imóveis Properati.com.br, o preço médio atual do metro quadrado de São Paulo (R$ 8.028) é 104% mais caro que o valor médio do metro quadrado dos imóveis localizados no bairro de São Miguel Paulista (R$3.930). Localizado na zona leste de São Paulo, o bairro é um dos mais populosos da cidade.

Leia mais

Base de dados da Properati está disponível no Google BigQuery

A partir de um acordo firmado entre a Properati e o Google, a partir deste mês, os dados de todos os quase 5 milhões de imóveis cadastrados no banco de dados da Properati estarão disponíveis para usuários do Google BigQuery, que é o serviço de armazenamento de dados do Google projetado para facilitar a análise de grandes bases de dados.

Presente em quase toda a América do Sul, a Properati já disponibiliza para o público todos os dados referentes aos imóveis anunciados em seu portal. Só que agora, com a parceria entre Properati e Google, a base de dados poderá ser explorada com mais eficiência, através de consultas SQL na plataforma do Google.

Leia mais

Metro quadrado de São Paulo é 94% mais caro que o do bairro de Itaquera

Segundo o último levantamento de preços feito pelo portal de busca de imóveis Properati.com.br, o preço médio atual do metro quadrado de São Paulo (R$ 8.028) é 94% mais caro que o valor médio do metro quadrado dos imóveis localizados no bairro de Itaquera (R$4.122). Localizado na região sudeste de São Paulo, o bairro é um dos mais importantes da Zona Leste da capital e recebeu muitos investimentos nos últimos anos, como a construção da Arena Cotinthians.

Leia mais

Preço do metro quadrado de Ipiranga cai 12,5% nos últimos 4 anos

Segundo um levantamento feito pelo portal de busca de imóveis Properati.com.br, nos últimos quatro anos, o preço médio do metro quadrado do bairro do Ipiranga desvalorizou 12,5%. Localizado na região sudeste de São Paulo, o bairro é um dos mais importantes da cidade por ser um dos mais antigos da cidade e por abrigar importantes pontos históricos da cidade, como o Parque da Independência, onde, segundo a tradição histórica, Dom Pedro I proclamou a independência do Brasil.

Leia mais

Zona Leste é a região de São Paulo que mais cresceu nos últimos dez anos

Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população da cidade de São Paulo cresceu de 10,9 milhões de habitantes, em 2007, para 12,1 milhões, em 2017. Ou seja, mais de um milhão e 200 mil pessoas procuraram por uma moradia na capital paulista nos últimos dez anos. Para atender a essa demanda gigantesca, construções de residências acontecem em toda a cidade, mas existem regiões da capital que concentram o interesse da população e das construtoras.

Um dos destaques é de crescimento são os bairros da Zona Leste. Embora seja vista, comumente, como um espaço à parte da capital paulista, a Zona Leste atraiu o interesse de muitas construtoras nos últimos dez anos, principalmente nos bairros localizados não regiões da Penha e de Itaquera.

Leia mais