Relatório mensal do mercado imobiliário – Junho 2018

Segundo o mais abrangente medidor de preços do mercado imobiliário, o Índice Properati-Hiperdados (IPH), com cobertura nacional de 100 cidades espalhadas pelo Brasil, o preço médio do metro quadrado dos imóveis à venda no país permaneceu estável entre os meses de abril e maio deste ano. A variação foi de apenas -0,03%. Se considerarmos a inflação (IPCA) do período, que fechou em 0,22%, o valor do metro quadrado brasileiro teve uma queda real de 0,19%.

Com isso, o valor médio do metro quadrado brasileiro ficou em R$ 6.122. No acumulado de 12 meses, os preços médios registrados pelo IPH caíram, nominalmente, 4,55% – em maio de 2017, o valor estava em R$ 6.414 –, mas a queda real foi de 7,11%.

(mais…)

Relatório mensal do mercado imobiliário – Maio 2018

Segundo o mais abrangente medidor de preços do mercado imobiliário, o Índice Properati-Hiperdados (IPH), com cobertura nacional de 100 cidades espalhadas pelo Brasil, o preço médio do metro quadrado dos imóveis à venda no país caiu 1,1% entre os meses de março e abril deste ano. Porém, se considerarmos a inflação (IPCA) de março, que fechou em 0,09%, o valor do metro quadrado brasileiro teve uma queda real de 1,19%.

Com isso, o valor médio do metro quadrado brasileiro chegou a R$ 6.121. No acumulado de 12 meses, os preços médios registrados pelo IPH caíram, nominalmente, 5,48% – em abril de 2017, o valor estava em R$ 6.475 –, mas a queda real foi de 7,95%.

(mais…)

Como a Properati está criando visualizações para jornais latino-americanos

Quanto custa um apartamento a poucos passos de uma estação de metrô em São Paulo? E uma casa com vista para um parque em Buenos Aires? Esses são os tipos de perguntas que a Properati, uma plataforma digital para busca de imóveis, com sede na Argentina, está respondendo com a colaboração de empresas de notícias no Brasil, no Chile, no México e na Argentina.

Na Properati, empresas de notícias como o El Clarín, da Argentina, o T13, do Chile, e o El Economista, do México, encontraram bases de dados intrigantes e uma equipe de analistas capaz de executar estudos personalizados para responder perguntas sobre a relação entre mercado imobiliário e transporte público, por exemplo. E em uma região onde dados abertos são escassos e as redações dos jornais contam com poucos analistas de dados, a Properati encontrou uma maneira inteligente de promover sua plataforma.

(mais…)

Mudanças nas regras de financiamento podem aquecer mercado imobiliário

A redução das taxas de juros do crédito imobiliário e o aumento do percentual do valor do imóvel financiado anunciados esta semana pela Caixa Econômica Federal podem contribuir tanto para o próprio banco quanto para melhorar o cenário do mercado imobiliário no Brasil. É o que avaliam economistas entrevistados pela Agência Brasil. Os especialistas dizem que, apesar das condições favoráveis, compradores devem ter cautela antes de assumir dívidas e avaliar se as parcelas cabem dentro do orçamento.

As taxas mínimas da Caixa passaram de 10,25% ao ano para 9% ao ano, no caso de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), e de 11,25% ao ano para 10% ao ano para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). As taxas máximas caíram de 11% para 10,25%, no caso do SFH, e de 12,25% 11,25%, no SFI. O banco também aumentou novamente o limite de cota de financiamento do imóvel usado, de 50% para 70%.

(mais…)

Relatório mensal do mercado imobiliário – Abril 2018

Segundo o mais abrangente medidor de preços do mercado imobiliário, o Índice Properati-Hiperdados (IPH), com cobertura nacional de 100 cidades espalhadas pelo Brasil, o preço médio do metro quadrado dos imóveis à venda no país subiu 0,07% entre os meses de fevereiro e março. Porém, se considerarmos a inflação (IPCA) do mês passado, que fechou em 0,32%, o valor do metro quadrado brasileiro teve uma queda real de 0,25%.

Além disso, no acumulado de 12 meses, os preços médios registrados pelo IPH caíram 4,02%, mas a queda real foi de 6,67%.

(mais…)

Relatório mensal do mercado imobiliário – Março 2018

Segundo o mais abrangente medidor de preços do mercado imobiliário, o Índice Properati-Hiperdados (IPH), com cobertura nacional de 100 cidades espalhadas pelo Brasil, o preço médio do metro quadrado dos imóveis à venda no país caiu 0,53% entre os meses de janeiro e dezembro. Se considerado o IPCA, a queda real de 0,82%. No acumulado de 12 meses, os preços médios registrados pelo IPH caíram 5,23%, mas a queda real foi de 7,87%.

(mais…)

Taxa média de condomínio em São Paulo custa mais de R$ 1 mil

Existem muitos fatores que influenciam o valor da taxa que um condomínio cobra de seus moradores todo mês. O custo varia se um prédio tem garagem no subsolo, portaria 24 horas e academia, por exemplo, ou opções de lazer, como piscina aquecida e salão de festas. Isso sem contar os impostos municipais e as reformas das áreas comuns do condomínio, que também aumentam a taxa.

Para permitir uma análise dos custos de condomínio, a Properati fez um levantamento do preço médio cobrado pelos prédios em seis das maiores cidades do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Porto Alegre, Belo Horizonte e Curitiba. Os dados utilizados são referentes aos anúncios de imóveis feitos no portal da Properati.

Leia mais

Relatório mensal do mercado imobiliário – Fevereiro 2018

Preço do m² no Brasil permanece estável em janeiro

Segundo o mais abrangente medidor de preços do mercado imobiliário, o Índice Properati-Hiperdados (IPH), com cobertura nacional de 100 cidades espalhadas pelo Brasil, o preço médio do metro quadrado dos imóveis à venda no país permaneceu praticamente estável entre os meses de dezembro de 2017 e janeiro de 2018. A variação nesse período foi de apenas menos 0,03%.

A queda mínima vem logo após uma valorização de 1,45%, entre os meses de novembro e dezembro de 2017, que foi interpretada por especialistas do mercado imobiliário como sinal do começo da recuperação do setor em 2018.

Preços

Leia mais

Balanço Anual IPH 2017

O ano de 2017 foi marcado pela tendência de queda no valor do metro quadrado médio do país. Segundo dados do Índice Properati-Hiperdados, em janeiro de 2017, o valor médio do metro quadrado no Brasil era de R$ 6.891. Em dezembro do mesmo ano, esse preço caiu para R$ 6.607. A queda representa uma desvalorização de 4,12%. Confira o desempenho do índice durante todo o ano de 2017:

Leia mais

Relatório mensal do mercado imobiliário – Janeiro 2018

Segundo o mais abrangente medidor de preços do mercado imobiliário, o Índice Properati-Hiperdados (IPH), com cobertura nacional de 100 cidades espalhadas pelo Brasil, o preço médio do metro quadrado dos imóveis à venda no país aumentou 1,45%, entre os meses de novembro e dezembro de 2017. Mesmo com a valorização no fim de 2017, o ano que passou fica marcado pela queda média de 1,44% no valor do metro quadrado do país.

Leia mais